domingo, 9 de setembro de 2018

Impropérios


impropérios
     injúrias
         vozes
         vociferações
                       escorem
                              em
                      desperdícios
                       pequeninos
                       (in)mundos
                              sub  
                            vertidos,
alegrem-se!

sexta-feira, 31 de agosto de 2018

Desencantamento

vinde e
sê a
lírica
divisa
entre a
dúvida a 
súplica o
onírico, eu
cri no
desencantamento!

segunda-feira, 27 de agosto de 2018

Foi dito que

  foi dito que não
            que nada
      dito que nunca
  foi dito que never
                necas
           que nenhum
     dito que nenhuma
foi dito que não    mais.

domingo, 19 de agosto de 2018

Haikais

no aquário todo bordô nada
e pelo chão 
alonga uma gatinha. 

                      na imóvel tarde
                      o sol brinca 
                      de se (ex)por.  

na mesa veludo
um copo meio 
transborda a solidão. 

O prático das inabilidades


         eu me prestei
ao que não presta
                premente perto
                presente desvalido 
          um pseudo probo
           no prostibulo
               procurei erros certos
               provoquei desacertos
       eu, o prático das inabilidades
              pratico dubiedades.                                                                                                                                       

domingo, 12 de agosto de 2018

A culpa é do afã


a culpa é do afã  
que me tripudia  
a culpa é da  
e  seus desalinhos
a culpa é da  
que não pulou
a culpa é do 
e seu desafinado sopro
a culpa é do afã
que me desafia
...e sempre me sugere o pior.

domingo, 5 de agosto de 2018

Pra ti dar


Pra ti dar
arrepios
arrebates
arrependimentos

pra ti provocar
desenvolturas
desequilíbrios
 esquecimentos

pra ti provocar
revoltas
revoluções
revisões  

pra ti dar
convulsões
contrastes
contaminações  

...e eu estarei pronto para riscas o fósforo. 
  

domingo, 22 de julho de 2018

Desmoronando tudo


Todos foram decapitados
os paxás
os pajens
os pajés
os padres
os pastores
os párias...

todas foram estripadas
as putas
as panteístas
as pansexuais
as parasitas
as passionais
as pretendentes

tudo foi desmoronado
o perto
o preste
o partido
o parido
o previsto
o precavido

... e fodas pro
poe            pro
pessoa      pro
paulo        pro
pasolini    pro
paul          pra
poesia...

...cá embaixo é muito pior,
ninguém vai se importar
com a sua anunciada queda,
e permanência por lá,
nenhuma mão amiga,
esqueça...