quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Poeminha de Clichês

ENTRE

O

DESDE

E O

ATÉ

O

TÊNUE

QUASE,

O

TALVEZ,

O

NUNCA,

E

CLARO

O

INDEFECTÍVEL

PARA SEMPRE.

Um comentário:

isaias de faria disse...

vamos criar. poesia sempre!